RSS
  Whatsapp

Sesab garantirá tratamento de pessoas que tiveram diagnósticos de câncer no projeto ProPulmão

Compartilhar

 

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) garantirá o tratamento das pessoas que tiverem diagnóstico positivo para câncer de pulmão após serem atendidas na Carreta da Saúde Respiratória do Projeto ProPulmão, uma unidade móvel equipada com um tomógrafo, que tem como objetivo realizar exames e diagnosticar precocemente o câncer de pulmão, em populações expostas aos fatores de risco da doença, como o tabagismo. O projeto ProPulmão é uma iniciativa do Senai Cimatec.

A confirmação do fluxo de atendimento dos pacientes foi feita pela secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana, que esteve nesta sexta-feira (26) no Senai Cimatec, onde se reuniu com o coordenador de Relações Corporativas e Governamentais da instituição, Walter Pinheiro, e com o médico cirurgião torácico responsável pelo ProPulmão, Ricardo Sales dos Santos, além de integrantes do projeto.

A secretária Roberta Santana ainda apontou que a ideia é que o serviço da Carreta da Saúde Respiratória possa ser ofertado futuramente em algumas edições da Feira Saúde Mais Perto. “Estamos em articulação para que o projeto possa chegar às nossas Feiras e garantir o tratamento, como hoje já fazemos no rastreamento do câncer de mama”, revela.

De acordo com o professor Ricardo Sales dos Santos, já foram realizados cerca de 1.500 exames. “Esse trabalho traz avanços no combate e nas pesquisas relacionadas ao câncer de pulmão no Brasil. A intenção é também ter um aumento da chance de diagnóstico, redução dos custos de tratamento e do número de óbitos, além de coleta de dados que ajudarão a promover políticas públicas adequadas para o combate da doença”, afirma.

O projeto ProPulmão é destinado a pessoas com idades entre 50 e 80 anos, fumantes ou ex-fumantes que tenham parado de fumar há, no máximo, 15 anos. O rastreamento da doença ocorre através da realização da tomografia da região torácica do participante, executado dentro da unidade móvel.

“É importante termos esse trabalho em conjunto com o setor público. Queremos que a estrutura do Senai Cimatec esteja à disposição de todos”, destacou Walter Pinheiro.


 

Sesab

Mais de Salvador