RSS
  Whatsapp

Em Lauro de Freitas, Expo Favela exalta o trabalho desenvolvido pelas comunidades baianas

Compartilhar

 

Centenas de pessoas circularam pelos stands e  corredores da Expo Favela Innovation Bahia nesta sexta-feira (22), primeiro dia do evento inédito em Lauro de Freitas. A abertura da iniciativa, que trouxe ao Parque Shopping Bahia expositores das periferias baianas, contou com a presença de autoridades, ativistas e líderes de movimento que exaltaram feira de negócios e empreendedorismo majoritariamente composta de mulheres e negros para apresentarem suas ideias. 

O evento, que segue neste sábado (23), a partir das 9h, foi celebrado pelo governador da Bahia Jerônimo Rodrigues, que ao lado da prefeita Moema Gramacho, destacou a Expo Favela como uma oportunidade de mostrar para o mundo tudo que é produzido dentro das comunidades. “Essa é uma oportunidade de impulsionar os negócios que nasceram nas favelas, periferias e comunidades tradicionais”, disse, sendo completado por Moema “favela não é carência é potência. É preciso que o povo tenha oportunidade para aflorar seu potencial e esse é o lugar”, disse. 


A Prefeitura de Lauro de Freitas montou um stand na Expo Favela para apresentar as potencialidades do município. Quem visita o espaço pode conferir informações sobre a cidade e ainda receber orientações para formalização de MEI. Lauro de Freitas se destaca na Bahia por ser um grande polo de serviços. Entre suas vantagens estão a mobilidade urbana, com metrô na entrada da cidade, os 6km de praias paradisíacas, rede hoteleira, mercado consumidor forte, unidades de ensino, grandes empreendimentos instalados, entre eles o Parque Shopping Bahia. 


Para o presidente nacional da CUFA Brasil (Central Única das Favelas), Preto Zezé, o local é um grande ajuntamento de pretos da favela para falar de negócios. “Estamos aqui escrevendo uma página diferente da nossa história. Muitas vezes estamos nesses espaços servindo e trabalhando, mas hoje tem gente da favela nos bastidores e nesse palco”. 

A Expo Favela reúne ideias e projetos de empreendedores dos mais diversos segmentos. Uma das potências constatadas no evento veio direto da cidade de Santo Amaro, para expor peças de roupas confeccionadas em um estilo autêntico, como define a própria artesã Annanda Noely. “A nossa marca é o tie-dye. As peças do Ateliê Orion são produzidas artesanalmente, feitas à mão, onde aplico meus conhecimentos em química para dar todo o diferencial. O tie-dye da minha loja é específico, quem usa a nossa marca reconhece o trabalho em qualquer lugar”, disse.


Talento do slow fashion, Annanda enxerga na Expo Favela uma oportunidade de crescimento. “O evento aqui é um lugar para fazermos contato, ampliarmos o networking com vários outros empreendimentos. O ateliê já está presente em cada estado do país, também produzimos peças sob encomenda e enviamos para todo o Brasil. Hoje em dia conto com uma costureira, que é a minha mãe e a maior apoiadora do projeto. E como as coisas estão fluindo bem, pretendo contratar mais uma costureira para ser esse segundo braço do ateliê”, relatou.

Neste sábado (23) a programação segue com palestras, workshops, exposições, rodadas de negócios, apresentação de startups, debates, cursos e shows. Os expositores terão a oportunidade de receber mentoria de negócios, além de desenvolver relacionamento com investidores e concorrer a ser Top 10 no seu estado e ser convidado para a Expo Favela Innovation Brasil em dezembro.

Secom

Mais de Lauro de Freitas