RSS
  Whatsapp

Especialista dá dicas de como tornar as férias mais atrativas para a criançada no verão

Compartilhar

 

As férias escolares representam um intervalo precioso no calendário letivo, coincidindo com a chegada da temporada mais esperada do ano: o verão. A estação é marcada por dias mais longos e cenários perfeitos para explorar, relaxar e criar experiências memoráveis com as crianças. Para garantir que os pequenos aproveitem ao máximo com muita diversão, prezando pelo bem-estar, a terapeuta ocupacional da Hapvida NotreDame Intermédica, Palila Auad, compartilha dicas de como tornar o período mais atrativo. 


De acordo com a especialista, pais e responsáveis devem oferecer programações divertidas e educativas. “As atividades lúdicas são essenciais para o desenvolvimento das crianças, proporcionando diversão enquanto estimulam habilidades cognitivas, sociais e emocionais”, afirma


Auad reforça, ainda, que a participação direta da família nas recreações molda aspectos essenciais para uma infância equilibrada e saudável. “Além da supervisão, vale destacar a relevância do estreitamento de vínculos, da elevação do senso de pertencimento e do aprimoramento da autoestima da criança. O tempo investido nas atividades compartilhadas cria um ambiente de apoio fundamental para o bem-estar emocional e psicológico das crianças”, declara.


Confira abaixo algumas brincadeiras que prometem tornar esse período mais empolgante e inesquecível. 


1. Atividades ao ar livre:  organize passeios a parques, praias, trilhas ou piqueniques. O contato com a natureza estimula o exercício físico e proporciona um ambiente agradável.


2. Oficinas criativas: promova oficinas de arte, música, dança, culinária ou ciências. Permita que as crianças explorem sua criatividade e aprendam coisas novas de forma lúdica.


3. Acampamentos de férias: considere inscrever as crianças em acampamentos temáticos, como esportes, aventura, teatro ou ciências. Essa experiência pode ser educativa e proporcionar a oportunidade de fazer novos amigos.


4. Aulas de verão: ofereça aulas curtas durante o período de férias, como esportes, idiomas, artes marciais ou música. Isso mantém a mente ativa e permite que as crianças explorem novos interesses.


5. Dias temáticos: crie dias temáticos divertidos em casa, como dia de cinema, dia de jogos de tabuleiro, dia de culinária ou dia de arte. Isso mantém as crianças entretidas e envolvidas.


6. Leitura recreativa: incentive a leitura recreativa, proporcionando acesso a livros interessantes e desafiadores. Crie um espaço aconchegante para a finalidade, estabeleça metas para as férias e realize debates sobre os conteúdos lidos para estimular o raciocínio e o senso crítico.


7. Viagens em família: se possível, planeje uma viagem em família. Isso não apenas oferece uma pausa na rotina, mas também cria memórias duradouras.


8. Tempo em família: reserve um tempo especial para atividades em família, como jogos, noites de cinema em casa ou simplesmente passar tempo juntos. Isso fortalece os laços familiares e cria um ambiente acolhedor.

Ócio: entenda por que evitá-lo


“É preciso ter cuidado com o ócio das crianças. Deixar descansar é muito válido, porém o excesso de ociosidade pode desencadear o sedentarismo, a falta de propósito e o isolamento social, impactando inclusive, a rotina do sono”, alerta.


Por fim, Palila ressalta que todas as atividades devem ser adaptadas de acordo com a faixa etária e os interesses das crianças, além de envolvê-las na escolha da programação. “O equilíbrio entre tarefas educativas e momentos de lazer contribui para um período de férias escolares mais atraente e enriquecedor”, defende. 
 

Tainara Carvalho

Mais de Salvador